Lino Ieluzzi, a referência italiana                                                      

\r\n

 

\r\n
\r\n
 
\r\n
 
\r\n
\r\n
 
\r\n
 
\r\n
 
\r\n
 
\r\n
 
\r\n\r\n
\r\n

 

\r\n

 

\r\n

 

\r\n

 

\r\n

"Estilo não é parte da moda é algo que temos dentro de todos nós." Esta é uma das frase escolhidas por Ieluzzi para integrar uma das secções do site, da sua loja de moda masculina, Al Bazar, em Milão.

\r\n

 

\r\n

\r\n

  

\r\n

Este lema reflete a imagem do seu negócio, visto que Ieluzzi tem um estilo distinto. Não se destaca no empreendedorismo do mesmo modo que na moda, mas isso não o impede de ser conhecido como um ícon de excelência da moda Italiana e especialmente popular no Japão.

\r\n

Inimigo declarado da cor preta, aposta sempre que possível nos tons quentes e alegres, demonstrando a preferência e "paixão" que os homens italianos têm pelas cores.

\r\n

\r\n

 

\r\n

Ícon da Sprezzatura, 

\r\n

E apreciador de uma vida típica italiana.

\r\n

 

\r\n

A arte de aparentar tranquilidade e indiferença - Sprezzatura - é elemento fundamental para Lino que leva tudo de uma forma natural. Manter a indiferença aparentemente, ajuda-o a preservar a sua compostura e autocontrole o que faz com que as suas ações sejam muito difíceis de se ler. 

\r\n

 

\r\n

 

\r\n

 Detalhes de Lino Ieluzzi

\r\n

 

\r\n

Ieluzzi não dispensa algumas das peças do seu closet, tais como: casacos assertoados e sapatos monkstrap. Muito influenciado pelo seu pai, desenvolveu uma "afinidade" com os casacos assertoados.

\r\n

Tal como já foi referido anteriormente é adepto de cores fortes, no entanto não prescinde das cores neutras conjugadas harmoniosamente. É adepto incondicional do padrão quadriculado nos seus fatos. 

\r\n

Segundo Ieluzzi, as conjugações perfeitas podem ser feitas com calças em tons beje, camel, cinza, azul luz, conjugadas com uma camisa branca ou azul luz - um Clássico.

\r\n

A maioria das vezes, a gravata e os acessórios adicionam contraste para manter seu estilo interessante.  

\r\n

 

\r\n

\r\n

\r\n

 

\r\n

Cavalheiro Clássico, é um homem de paixões e tradições, apreciador das marcas de relógios Audemars Piguet e Patek Philippe.

\r\n

\r\n

 

\r\n

Uma questão de capricho...

\r\n

Começou por bordar o número 7 na sua gravata. Adotou este algarismo mais como uma piada, por ter nasceu no dia 7 de outubro. Reflexo do seu estilo foi, o facto de imediatamente, muitos clientes notarem o pormenor e suporem que fosse o seu número da sorte. Hoje, a sua loja vende uma grande quantidade de gravatas bordadas com 7's, embora todos os artigos estejam também disponíveis sem o número

\r\n

 

\r\n

"Vestirsi deve essere un piacere per se stessi e non per gli altri" Ieluzzi

\r\n

\r\n

\r\n

Al Bazar: Via A.Scarpa, 9-20145 Milano (Itália) - TL: +39 02 433470 - fx: +39 02 48011605

\r\n

 

\r\n

|MVG|

\r\n